DORMIR DE REDE: HÁBITO ANCESTRAL QUE NÃO PREJUDICA A COLUNA



Anterior à colonização europeia, o hábito de dormir de rede não representa riscos à coluna, apesar do receio difundido popularmente.

Comum nas casas do Nordeste e do Norte, as redes de dormir fazem parte do cenário brasileiro antes mesmo de qualquer lembrança. A prática de descansar suspenso por cordas foi descrita por aqui pela primeira vez na carta de Pero Vaz de Caminha, logo na chegada dos portugueses, em 1500. “(…) Tinham dentro muitos esteios; e, de esteio a esteio, uma rêde atada pelos cabos, alta, em que dormiam”, descreveu o cronista sobre os hábitos indígenas.

Padre José de Anchieta, um dos responsáveis pela catequese dos índios e pela fundação da cidade de São Paulo, assinalou o costume com alguma curiosidade. Disse em texto datado de 1554: “Em lugar de cama, usa a máxima parte dos irmãos de uns panos tecidos à maneira de rêde, suspensos por duas cordas e traves”. Era a nossa rede tradicional, que em 1662 também esteve presente nos escritos do Padre Antônio Vieira, falando do hábito de usar “rede em lugar de camas”.

O resgate histórico sobre esse hábito está descrito no clássico Rede de dormir: um estudo etnográfico, obra do antropólogo Câmara Cascudo, de 1957. No livro, o autor defende a rede como um produto de exportação ao lado de outras possibilidades, tamanha a sua abrangência e funcionalidade.

Mas, de tão popular, a rede permite que alguns mitos sejam criados entre suas varandas. Um deles é de que o costume pode ampliar problemas na coluna e fazer mal à saúde. Isso é mesmo verdade?

A resposta geral dos ortopedistas ouvidos pelo O POVO isso não se aplica. Contrariando algumas falas do entendimento popular, o hábito de dormir de rede não constitui riscos à coluna ou à outras partes do corpo. “Existe o mito de que ela pode causar esses problemas, mas não há comprovação”, atestou o médico ortopedista.

Na queda de braço com a cama, a rede de dormir é uma boa competidora. Pode até vencer a batalha, por conta da sua constituição que se adequa ao corpo de quem nela se deita.

Mas, segundo o médico ortopedista, quem já tem problemas de coluna tem de ficar atento só a maneira correta de usar. A dica é deixar a rede um pouquinho mais reta para não encurvar tanto a coluna.

Os cuidados para aproveitar a dormida de rede sem prejudicar as costas

Entre o colchão e a rede, não há alternativa necessariamente mais benéfica. Não há vilões ou mocinhos. A proposta é procurar qual das alternativas se adequa melhor à rotina de quem deita. Mas, ambas exigem cuidados.

Para a fisioterapeuta, tudo depende do costume. Na rede, por exemplo, existem pessoas que sentem melhor a sensação de relaxamento. A indicação, segundo ela, é usar travesseiro no meio das pernas e na cabeça. “Não precisa ser muito grande para não forçar a cabeça. A ideia é proteger a coluna”, sugere.

É preciso tomar cuidado também com os acidentes. Quedas de rede podem comprometer bastante a coluna, o que implica bastante atenção à estrutura dos punhos e do tecido e também na entrada e na saída da rede. Crianças precisam ter cuidado redobrado. “O ideal é usar as duas mãos para sentar. Assim, tem menos chances de sofrer quedas”.

Para idosos, os cuidados devem ser os mesmos. Porém se a pessoa já apresentar dificuldades para se levantar ou sentar na rede, o ideal é substituir pela cama. “É melhor para eles porque evita a má postura e a perda de equilíbrio. O indicado é a pessoa poder virar as pernas para se levantar melhor. A cama oferece isso”, ensina.

__________________________________________________________________________________________

Fonte: http://www.opovo.com.br/jornal/cienciaesaude/2017/08/dormir-de-rede-habito-ancestral-que-nao-prejudica-a-coluna.html

 

 

 


Veja Também:


  • A CÉLULA QUE EXIBE A GENÉTICA

    Na fertilização in vitro, é possível realizar, com apenas uma célula, exames genéticos e evitar possíveis doenças hereditárias. Escolha de sexo para o bebê,...

    Leia Mais ( + )
  • A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E A GERAÇÃO ALPHA

    A inteligência artificial e a Geração Alpha Meninas e meninos de até sete anos de idade vivenciarão o contato com tecnologias de inteligência artificial...

    Leia Mais ( + )
  • A PRÁTICA DO HOME CARE

    O Home Care deve ser compreendido como uma modalidade contínua de serviços na área de saúde, cujas atividades são dedicadas aos pacientes/clientes e a...

    Leia Mais ( + )
  • A ENFERMAGEM E A PRESERVAÇÃO DA VIDA HUMANA

    Precisamos priorizar o ensino e a pesquisa próprios da enfermagem, sem perder o olhar holístico para o indivíduo. A história da enfermagem confunde-se com a...

    Leia Mais ( + )
  • SAÚDE BUCAL: O que a sua boca tem a dizer sobre sua saúde

    Mesmo o melhor sorriso é capaz de ocultar sinais que, sem o devido acompanhamento, podem trazer sérios problemas para o corpo. O corpo humano...

    Leia Mais ( + )
  • CUIDADOS COM OS MÚSCULOS: Cuidar dos músculos ajuda a prevenir lesões e ganhar resistência

    MENOS LESÕES, MAIS RESISTÊNCIA. A musculação é um dos exercícios mais eficazes para o fortalecimento muscular. Cuidar dos músculos é mais do que uma...

    Leia Mais ( + )
  • ALIMENTAÇÃO: O que pode ser cilada

    Informar-se é a primeira atitude na hora de buscar uma alimentação mais adequada para ter saúde e emagrecer. Cair no conto dos produtos que...

    Leia Mais ( + )
  • CONFIRA CINCO DICAS PARA PREVENIR A RINITE ALÉRGICA

    A doença é causada pela falta de cuidado nas residências e também pela variação de temperaturas. Com a variação de temperaturas no dia a...

    Leia Mais ( + )
  • CHIKUNGUNYA: A DOENÇA QUE FICA E INCAPACITA

    Na fase crônica da doença, depois de três meses de sintomas, o vírus da chikungunya escolhe “santuários” nas articulações e causa inflamações que vêm...

    Leia Mais ( + )
  • POR DENTRO DO GLAUCOMA

    O glaucoma é uma doença degenerativa do nervo óptico, progressiva e silenciosa que cursa com diminuição do campo de visão até a cegueira em...

    Leia Mais ( + )
  • MIOPIA, MITOS, VERDADES E INFLUÊNCIA DOS CELULARES

    Um estudo populacional, realizado com crianças da Austrália, comprovou que aquelas que passavam muito tempo em celulares e tablets tinham maior chance de ter...

    Leia Mais ( + )
  • DORMIR 8h? EVITAR CERTOS ALIMENTOS? CONHEÇA MITOS SOBRE SONO

    Não é verdade que para ter uma boa noite de sono é preciso dormir por oito horas ou que comer queijo antes de dormir...

    Leia Mais ( + )
  • A INFÂNCIA DIANTE DA TV

    Com o início das férias, pais devem estar atentos à exposição excessiva dos filhos diante da TV. Agora que ela está conectada à internet,...

    Leia Mais ( + )
  • COMO PREVENIR DOENÇAS RECORRENTES EM ÉPOCA DE CHUVA

    As chuvas aliviam o calor dos dias, mas podem repercutir em doenças se as pessoas não ficarem atentas. Viroses, gripe, dengue e inflamações estão...

    Leia Mais ( + )
  • CUIDADOS SIMPLES EVITAM A CONJUNTIVITE

    1 Olho coçando, vermelho, irritado e a sensação de que você está com areia dentro dele. Cuidado: você pode ter contraído conjuntivite. Uma doença muito...

    Leia Mais ( + )
  • AS REAÇÕES DO CORPO AOS ELETRÔNICOS

    A maneira de olharmos o celular ou tablet, com a cabeça para baixo, já força um dos principais músculos do corpo. Despreparado, ele sofre...

    Leia Mais ( + )
  • ALIMENTAÇÃO É ALIADA NO TRATAMENTO DE CANDIDÍASE DE REPETIÇÃO

    Toda mulher em algum momento da vida será acometida de candidíase. Coceira, corrimento, ardor são alguns dos sintomas da doença, ainda mais freqüente nos...

    Leia Mais ( + )
  • OSTEOPOROSE: o que é e como tratar

    Doença ligada à falta de cálcio afeta principalmente os idosos. Muitas vezes, o mal só é descoberto após uma fratura óssea, mas há maneiras...

    Leia Mais ( + )
  • TUBERCULOSE: Cai índice de cura da tuberculose no Ceará

    O percentual de cura de pessoas diagnosticadas com tuberculose diminuiu ao longo de seis anos no Ceará. De 2011 a 2016, houve redução mínima...

    Leia Mais ( + )
  • DEZ CAUSAS DA INSÔNIA

    A dificuldade para dormir é muitas vezes um mistério para pacientes e médicos. Cientistas tentam desvendar o mais comum distúrbio do sono, associado a...

    Leia Mais ( + )
  • HÁBITOS PARA COMBATER A OBESIDADE

    A reeducação alimentar pode ser bastante eficaz no combate à obesidade que, de acordo com recentes dados do Ministério da Saúde, atinge mais da...

    Leia Mais ( + )
  • ALIMENTAÇÃO: Atenção às alergias

    Os bebês podem apresentar alergia à proteína do leite de vaca e também a alguns alimentos. Nesses casos, oferta é ainda mais cuidadosa. Não...

    Leia Mais ( + )
  • MULTIFUNÇÕES: Por que a vitamina D se tornou a substância da moda para a saúde

    A maior fonte da conhecida vitamina D é o sol. Diante das descobertas sobre as multifunções que ela exerce no organismo, a suplementação é...

    Leia Mais ( + )
  • O QUE FAZ BEM AO CORAÇÃO

    Principal causa de morte no mundo, as doenças cardíacas são silenciosas e, por isso mesmo, exigem cuidados. As doenças do coração são a principal...

    Leia Mais ( + )
  • O SUPER CÉREBRO DOS BEBÊS

    Os bebês têm um cérebro pronto para adquirir experiências e aprendizados que surpreendem. Herança genética e influência do meio definem o desenvolvimento cerebral. Qual...

    Leia Mais ( + )
  • OBESIDADE INFANTIL: O desafio de manter bons hábitos na escola

    Ensino, interação social, valores e também educação alimentar. O ambiente escolar pode e deve ser espaço para o cultivo de boas práticas alimentares, que...

    Leia Mais ( + )
  • COMO ESTIMULAR A MENTE

    Toda pessoa, criança ou adulta, pode criar estratégias para aprender, mas educadores ensinam maneiras de estimular a aprendizagem. Não há consenso entre os educadores...

    Leia Mais ( + )
  • A NOVA TERCEIRA IDADE: VELHO É O SEU PRECONCEITO

    Boa parte das pessoas com mais de 60 anos fogem, cada vez mais, da imagem de senhores apoiados em bengalas ou em cadeiras de...

    Leia Mais ( + )
  • TERAPIA COM ANIMAIS: O EXERCÍCIO DO AFETO E DO CUIDADO

      Idosas de uma casa de repouso participam da terapia assistida por cães. Melhoras na sociabilidade, na memória, na autoestima e na coordenação motora...

    Leia Mais ( + )
  • TERCEIRA IDADE CONHEÇA SEUS LIMITES

      O acompanhamento médico ajuda a identificar as restrições do idoso antes da escolha do exercício ideal. Vale buscar também outros profissionais, antes de...

    Leia Mais ( + )
  • PARTO NORMAL

    A redução das taxas de cesáreas foi discutida em Fortaleza durante congresso internacional. Tecnologia e conhecimento são caminhos apontados para evitar as cirurgias desnecessárias....

    Leia Mais ( + )
  • OS MÉTODOS ANTICONCEPCIONAIS

    As pílulas avançam com os anos e oferecem doses de hormônios menores para as mulheres. Para algumas, as pílulas continuam a ser parceiras para...

    Leia Mais ( + )
%d blogueiros gostam disto: