CHIKUNGUNYA: A DOENÇA QUE FICA E INCAPACITA



Na fase crônica da doença, depois de três meses de sintomas, o vírus da chikungunya escolhe “santuários” nas articulações e causa inflamações que vêm e voltam e se tornam incômodo duradouro

A doença incapacita. Faz inchar, traz dores, interfere em membros essenciais ao cotidiano. A febre chikungunya chegou ao Ceará em 2014 e ainda pouco se sabe sobre ela. Para os milhares de acometidos, as buscas pela melhoria é contínua, mesmo quando o quadro agudo tem fim. São meses, talvez anos, com sintomas que vão e voltam. Uma incógnita para especialistas, um martírio para pacientes.

Três fases são consideradas: aguda, com duração média de sete dias; subaguda, com duração entre, aproximadamente, 14 dias e três meses; e crônica, quando os sintomas perduram para além dos 90 dias. Mãos, pés, ombros, dedos, a dor pode chegar a qualquer articulação, mas esses são os membros preferidos. “A maioria dos pacientes tem dor articular, artralgia, e um percentual tem artrite, que é a inflamação. Essa inflamação pode se estender também para os tendões, fazendo as tendinites”, afirma a reumatologista.

A chikungunya

Uma arbovirose, transmitida por um inseto (o Aedes aegypti), que se tornou uma doença reumatológica. O vírus, na verdade, se replica nas células do organismo por apenas uma semana. Depois, se aloja em “santuários” celulares, o que provoca a reação inflamatória persistente. E ainda há o risco de o vírus se tornar um gatilho para que doenças autoimunes reumatológicas se manifestem. Anticorpos produzidos para combater o vírus podem levar a esses processos inflamatórios. “A pessoa já possui um background genético que predispõe e o vírus desperta”, acrescenta a infectologista. Conforme os especialistas, explicação para tanta e repetidas dores está na localização do vírus. Os “santuários” escolhidos ficam nas articulações, mais precisamente no líquido responsável por hidratar a cartilagem e possibilitar que haja movimento nas juntas, chamado sinóvia. Pelo menos é a hipótese mais provável, garantem os estudiosos. “O vírus tem uma afinidade com os tecidos que possuem fibroblastos, que é um tipo de célula. Há fibroblastos na sinóvia, no músculo, no sistema nervoso e nos vasos sanguíneos, principalmente na parte linfática”, dialoga a médica Cláudia Marques.

O vírus que causa a chikungunya tem o que o infectologista Afonso chama de “alta taxa de ataque”, ou seja, grande parte das pessoas acometidas desenvolvem sintomas, na maioria das vezes de forma dolorosa. “Zika tem uma taxa de 20% de acometimento (de sintomas). Dengue é de 35% a 50%; com chikungunya, tem trabalho mostrando que é até 95%, que o vírus entra na corrente sanguínea e se adoece”, explica o médico.

Fato é: a chikungunya mudou a rotina, os hábitos, as necessidades. São pelo menos 54.096 casos confirmados no Ceará neste ano. Muita gente se pergunta como um mosquito tão pequeno pode causar tanta dor, tanta incapacidade. Neste segundo semestre, com menos chuvas, há também um arrefecimento dos casos da doença. Mas, infelizmente, milhares de pessoas estarão se descobrindo na fase crônica da doença, há mais de 90 dias sentindo dor.

Em quem a doença se agrava

“Estudo de revisão sistemática publicado no fim de 2016 mostrou que, aproximadamente, 40% dos pacientes com chikungunya evoluem para reumatismo crônico inflamatório e, destes, 13,6% preenchem critérios para diagnóstico de artrite reumatóide”. De acordo com a especialista, a literatura cita alguns fatores que contribuem para que a pessoa evolua para a fase crônica da doença: ter mais de 45 anos, ter uma fase aguda mais grave (com febre mais prolongada, cardiopatia, depressão e quantidade alta de vírus no organismo), presença de comorbidades (como diabetes, cardiopatia, hepatopatia, doenças reumáticas pré-existentes), envolvimento articular na fase aguda com mais de seis articulações inflamadas e títulos altos de IgG (anticorpos produzidos) para chikungunya.

Acupuntura

Uma técnica que envolve estimulação de pontos de acupuntura (que medem cerca de 2 milímetros) através de pressão e com o uso de sementes tem sido alento para muitos pacientes de chikungunya. Esses pontos, conforme a visão neurofisiológica, possuem muitos nervos e resistência à passagem de corrente elétrica. A acupuntura, mais especificamente a auriculoterapia.

Na orelha, existem cerca de 112 pontos de acupuntura. O professor explica que cada um tem relação com um órgão. São selecionados pontos de acordo com a função energética e fisiológica de cada indivíduo. “Precisamos escolher, de acordo com o que é prioridade para cada paciente, quais são os pontos dele ativados na orelha”, detalha.

SAIBA MAIS

Casos mais graves da chikungunya geralmente acontecem na fase subaguda, como as encefalites e meningites. Na fase crônica, o quadro neurológico é mais leve, como formigamento de mãos e pés.

Anticonvulsiante e antidepressivo são medicamentos que, em casos específicos e com recomendação médica, podem ser utilizados para dor neuropática. Eles melhoram a condução neuropática.

Fisioterapia tem grande importância na fase crônica da doença. Trabalhará para a melhora da dor e o fortalecimento muscular.

O corticóide é o medicamento mais utilizado na fase crônica da chikungunya. Porém, seu uso tem sido realizado de forma indiscriminada, sem a recomendação médica.

__________________________________________________________________________________________

Fonte: http://www.opovo.com.br/jornal/cienciaesaude/2017/07/chikungunya-a-doenca-que-fica-e-incapacita.html


Veja Também:


  • A CÉLULA QUE EXIBE A GENÉTICA

    Na fertilização in vitro, é possível realizar, com apenas uma célula, exames genéticos e evitar possíveis doenças hereditárias. Escolha de sexo para o bebê,...

    Leia Mais ( + )
  • A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E A GERAÇÃO ALPHA

    A inteligência artificial e a Geração Alpha Meninas e meninos de até sete anos de idade vivenciarão o contato com tecnologias de inteligência artificial...

    Leia Mais ( + )
  • A PRÁTICA DO HOME CARE

    O Home Care deve ser compreendido como uma modalidade contínua de serviços na área de saúde, cujas atividades são dedicadas aos pacientes/clientes e a...

    Leia Mais ( + )
  • A ENFERMAGEM E A PRESERVAÇÃO DA VIDA HUMANA

    Precisamos priorizar o ensino e a pesquisa próprios da enfermagem, sem perder o olhar holístico para o indivíduo. A história da enfermagem confunde-se com a...

    Leia Mais ( + )
  • SAÚDE BUCAL: O que a sua boca tem a dizer sobre sua saúde

    Mesmo o melhor sorriso é capaz de ocultar sinais que, sem o devido acompanhamento, podem trazer sérios problemas para o corpo. O corpo humano...

    Leia Mais ( + )
  • CUIDADOS COM OS MÚSCULOS: Cuidar dos músculos ajuda a prevenir lesões e ganhar resistência

    MENOS LESÕES, MAIS RESISTÊNCIA. A musculação é um dos exercícios mais eficazes para o fortalecimento muscular. Cuidar dos músculos é mais do que uma...

    Leia Mais ( + )
  • ALIMENTAÇÃO: O que pode ser cilada

    Informar-se é a primeira atitude na hora de buscar uma alimentação mais adequada para ter saúde e emagrecer. Cair no conto dos produtos que...

    Leia Mais ( + )
  • DORMIR DE REDE: HÁBITO ANCESTRAL QUE NÃO PREJUDICA A COLUNA

    Anterior à colonização europeia, o hábito de dormir de rede não representa riscos à coluna, apesar do receio difundido popularmente. Comum nas casas do...

    Leia Mais ( + )
  • CONFIRA CINCO DICAS PARA PREVENIR A RINITE ALÉRGICA

    A doença é causada pela falta de cuidado nas residências e também pela variação de temperaturas. Com a variação de temperaturas no dia a...

    Leia Mais ( + )
  • POR DENTRO DO GLAUCOMA

    O glaucoma é uma doença degenerativa do nervo óptico, progressiva e silenciosa que cursa com diminuição do campo de visão até a cegueira em...

    Leia Mais ( + )
  • MIOPIA, MITOS, VERDADES E INFLUÊNCIA DOS CELULARES

    Um estudo populacional, realizado com crianças da Austrália, comprovou que aquelas que passavam muito tempo em celulares e tablets tinham maior chance de ter...

    Leia Mais ( + )
  • DORMIR 8h? EVITAR CERTOS ALIMENTOS? CONHEÇA MITOS SOBRE SONO

    Não é verdade que para ter uma boa noite de sono é preciso dormir por oito horas ou que comer queijo antes de dormir...

    Leia Mais ( + )
  • A INFÂNCIA DIANTE DA TV

    Com o início das férias, pais devem estar atentos à exposição excessiva dos filhos diante da TV. Agora que ela está conectada à internet,...

    Leia Mais ( + )
  • COMO PREVENIR DOENÇAS RECORRENTES EM ÉPOCA DE CHUVA

    As chuvas aliviam o calor dos dias, mas podem repercutir em doenças se as pessoas não ficarem atentas. Viroses, gripe, dengue e inflamações estão...

    Leia Mais ( + )
  • CUIDADOS SIMPLES EVITAM A CONJUNTIVITE

    1 Olho coçando, vermelho, irritado e a sensação de que você está com areia dentro dele. Cuidado: você pode ter contraído conjuntivite. Uma doença muito...

    Leia Mais ( + )
  • AS REAÇÕES DO CORPO AOS ELETRÔNICOS

    A maneira de olharmos o celular ou tablet, com a cabeça para baixo, já força um dos principais músculos do corpo. Despreparado, ele sofre...

    Leia Mais ( + )
  • ALIMENTAÇÃO É ALIADA NO TRATAMENTO DE CANDIDÍASE DE REPETIÇÃO

    Toda mulher em algum momento da vida será acometida de candidíase. Coceira, corrimento, ardor são alguns dos sintomas da doença, ainda mais freqüente nos...

    Leia Mais ( + )
  • OSTEOPOROSE: o que é e como tratar

    Doença ligada à falta de cálcio afeta principalmente os idosos. Muitas vezes, o mal só é descoberto após uma fratura óssea, mas há maneiras...

    Leia Mais ( + )
  • TUBERCULOSE: Cai índice de cura da tuberculose no Ceará

    O percentual de cura de pessoas diagnosticadas com tuberculose diminuiu ao longo de seis anos no Ceará. De 2011 a 2016, houve redução mínima...

    Leia Mais ( + )
  • DEZ CAUSAS DA INSÔNIA

    A dificuldade para dormir é muitas vezes um mistério para pacientes e médicos. Cientistas tentam desvendar o mais comum distúrbio do sono, associado a...

    Leia Mais ( + )
  • HÁBITOS PARA COMBATER A OBESIDADE

    A reeducação alimentar pode ser bastante eficaz no combate à obesidade que, de acordo com recentes dados do Ministério da Saúde, atinge mais da...

    Leia Mais ( + )
  • ALIMENTAÇÃO: Atenção às alergias

    Os bebês podem apresentar alergia à proteína do leite de vaca e também a alguns alimentos. Nesses casos, oferta é ainda mais cuidadosa. Não...

    Leia Mais ( + )
  • MULTIFUNÇÕES: Por que a vitamina D se tornou a substância da moda para a saúde

    A maior fonte da conhecida vitamina D é o sol. Diante das descobertas sobre as multifunções que ela exerce no organismo, a suplementação é...

    Leia Mais ( + )
  • O QUE FAZ BEM AO CORAÇÃO

    Principal causa de morte no mundo, as doenças cardíacas são silenciosas e, por isso mesmo, exigem cuidados. As doenças do coração são a principal...

    Leia Mais ( + )
  • O SUPER CÉREBRO DOS BEBÊS

    Os bebês têm um cérebro pronto para adquirir experiências e aprendizados que surpreendem. Herança genética e influência do meio definem o desenvolvimento cerebral. Qual...

    Leia Mais ( + )
  • OBESIDADE INFANTIL: O desafio de manter bons hábitos na escola

    Ensino, interação social, valores e também educação alimentar. O ambiente escolar pode e deve ser espaço para o cultivo de boas práticas alimentares, que...

    Leia Mais ( + )
  • COMO ESTIMULAR A MENTE

    Toda pessoa, criança ou adulta, pode criar estratégias para aprender, mas educadores ensinam maneiras de estimular a aprendizagem. Não há consenso entre os educadores...

    Leia Mais ( + )
  • A NOVA TERCEIRA IDADE: VELHO É O SEU PRECONCEITO

    Boa parte das pessoas com mais de 60 anos fogem, cada vez mais, da imagem de senhores apoiados em bengalas ou em cadeiras de...

    Leia Mais ( + )
  • TERAPIA COM ANIMAIS: O EXERCÍCIO DO AFETO E DO CUIDADO

      Idosas de uma casa de repouso participam da terapia assistida por cães. Melhoras na sociabilidade, na memória, na autoestima e na coordenação motora...

    Leia Mais ( + )
  • TERCEIRA IDADE CONHEÇA SEUS LIMITES

      O acompanhamento médico ajuda a identificar as restrições do idoso antes da escolha do exercício ideal. Vale buscar também outros profissionais, antes de...

    Leia Mais ( + )
  • PARTO NORMAL

    A redução das taxas de cesáreas foi discutida em Fortaleza durante congresso internacional. Tecnologia e conhecimento são caminhos apontados para evitar as cirurgias desnecessárias....

    Leia Mais ( + )
  • OS MÉTODOS ANTICONCEPCIONAIS

    As pílulas avançam com os anos e oferecem doses de hormônios menores para as mulheres. Para algumas, as pílulas continuam a ser parceiras para...

    Leia Mais ( + )
%d blogueiros gostam disto: